O quadril luxado e doloroso na criança cadeirante:

Este é um problema frequentemente encontrado em crianças e adolescentes cadeirantes, portadores de paralisia cerebral espástica com envolvimento corporal completo (tetraparéticos).

 
Causa diversos problemas para esses pacientes, como:
 
– Dor com diminuição do tempo de tolerância sentado na cadeira de rodas.
 
– Dor com as manobras de abertura dos quadris para higiene do períneo e troca de fralda.
 
– Desnível da bacia (obliquidade pelvica).
 
– Encurtamento do membro inferior.
 
– Posicionamento vicioso e deformado do membro inferior do lado luxado que, tende a se manter cruzado sobre o outro membro.
 
– Grande prejuízo a qualidade de vida da criança ou do adolescente.
 
 
A história natural da luxação não tratada na paralisia cerebral:
 
 
Observem o quadril esquerdo deslocado com deformidade da cabeça femoral e o desnível da bacia.

A luxação não tratada leva a deformidade na cabeça femoral com alterações degenerativas graves que impossibilitam a cirurgia reconstrutiva.
 
Este é um problema desafiador e de difícil solução porém, é possivel oferecer melhoria para casos como este.
 
O objetivo do tratamento cirúrgico é o de aliviar a dor, alinhar o membro inferior, permitir melhoria na tolerância sentado na cadeira de rodas com correção da deformidade no membro inferior e, com isso, melhorar a qualidade de vida da criança.
 
Não há uma cirurgia universal para o tratamento.
 
Existem diversas opções, cada uma com prós e contras que devem ser levados em consideração no momento da escolha, na dependência de cada caso.
 
São as conhecidas cirurgias de salvamento do quadril na paralisia cerebral.
 
Uma das técnicas amplamente utilizadas para o tratamento é conhecido como osteotomia femoral valgizante e derrotatória com preservação da cabeça femoral.
 
É feito uma osteotomia (corte no osso da coxa -femur- próximo do quadril), permitindo a correção da deformidade e o alinhamento do membro inferior e fixado com placa modelada para a correção e parafusos.
 
Assim conseguimos correção da deformidade do membro inferior, alívio do impacto doloroso da cabeça femoral, correção do desnível da bacia, melhorando a qualidade de vida da criança cadeirante.
 
Pré-operatório
Pós-operatório: Alinhamento do membro, pelve corrigida



O procedimento tem sua indicação para casos de luxação dolorosa do quadril inveterada e não tratada, onde já existe deformidade na cabeça femoral, que impede sua reconstrução, nas crianças cadeirantes com paralisia cerebral.

 
 
 
Oferece resultados recompensadores para o paciente, facilita os cuidadores e familia no dia a dia com a criança, melhorando também a qualidade de vida do paciente.
 
 
Um abraço a todos,
 
Dr. Maurício Rangel
 
Tel. consultório para agendar horário:  (21) 3264-2232/ (21) 3264-2239

Caso tenha interesse, você pode se inscrever gratuitamente na nossa lista e ser notificado sobre as próximas publicações da categoria Paralisia Cerebral. Para isso, basta clicar no botão abaixo e deixar seu e-mail.