Como unir uma alimentação saudável e variada com a praticidade?

Muitos pais relatam ter dificuldade para alimentar seus filhos, principalmente porque acreditam que para ter uma alimentação equilibrada e rica em nutrientes, precisa passar mais tempo cozinhando.

Na verdade, existe um conjunto de fatores que vão influenciar na alimentação infantil e pensando nisso, a partir do nosso conhecimento e vivência na área, a Tatim preparou algumas dicas para facilitar os pais nesse cuidado.

O processo de construção dos hábitos alimentares vai envolver organização, planejamento e muito carinho!

Dica nº 1: Separe um momento para criar um cardápio. Dessa forma você saberá exatamente os ingredientes que precisa comprar e ficará mais fácil visualizar a variedade de alimentos.

Dica nº 2: Para quem possui manhãs mais agitadas e corridas, o ideal é que separe um tempo na noite anterior para planejar o café da manhã. Tem a opção de fazer um suco concentrado e deixar na geladeira, cortar algumas frutas e colocar em potinhos, montar um sanduíche, por exemplo. (Se o seu filho tem menos de 1 ano de idade, existem recomendações específicas sobre introdução alimentar).

Dica nº 3: No fim de semana, você pode reservar um tempo para preparar algumas refeições e congelar. Dessa forma você mantém os nutrientes do alimento e ganha tempo durante a semana.

Dica nº 4: Se o seu filho precisa levar lanche para a escola, tenha sempre alguns alimentos práticos em mãos, como: variedade de frutas, pão, cereais sem açúcar, bolachas de arroz, queijo, água de coco, frutas secas, tomatinho cereja, cenoura, cookie integral. Tapioca e oleaginosas também podem ser uma boa opção de lanche.

Dica nº 5: Junte algumas receitas fáceis, saudáveis e rápidas de fazer. Dependendo da preparação você também pode congelar uma parte para usar depois.

Dica nº 6: Em algum momento, o seu filho irá pedir para experimentar produtos como biscoitos e refrigerantes, mas não ofereça antes disso acontecer. Quando ele pedir, opte pelos menos processados, sem gordura hidrogenada, corantes e conservantes. Hoje em dia temos variedades de biscoitos integrais adoçados com mascavo ou mel, com sementes e castanhas, que são deliciosos e mais nutritivos.

Dica nº 7: Estimule seu filho a conhecer e se interessar pelos alimentos in natura. Deixe que ele participe das compras e ajude em tarefas fáceis e seguras na hora de preparar a refeição. Isso facilitará sua aceitação.

Dica nº 8: As crianças se interessam pelo que os pais comem, então seja exemplo. Faça o planejamento semanal pensando na alimentação de toda a família.

Dica nº 9: É muito importante que a refeição seja um momento agradável e prazeroso, onde os pais participem, a comida seja colorida e atraente no prato.

A décima e última dica é na verdade uma lembrança. Crianças que se alimentam de forma saudável em um ambiente sem estresse irão comer exatamente a quantidade que precisam. Não force, não faça chantagens e evite distrair a criança durante a refeição. O apetite muda ao longo da infância assim como a preferência e gosto pelos alimentos.

Não existe uma fórmula mágica, mas o segredo para uma alimentação saudável na infância vai além do nutrir. É, principalmente, ter participação com compreensão, paciência e amor.

Caso tenha interesse, você pode se inscrever gratuitamente na nossa lista e ser notificado sobre as próximas publicações. Para isso, basta clicar no botão abaixo e deixar seu e-mail.

Somos uma família que descobriu o sabor de cozinhar para os pequenos e o prazer de vê-los crescendo saudáveis através de uma boa prática alimentar.

https://www.tatimcomidinhas.com.br/

Escrito por Paula Macieira, Graduanda em Nutrição e apaixonada pela aventura que é a Alimentação Infantil. Faz parte da equipe Tatim Comidinhas, empresa de refeições infantis saudáveis, sem conservantes e feitas com muito carinho!